quinta-feira, 27 de março de 2008

Berinjela à parmegiana.




Quando eu comecei a namorar a Bia, vira e mexe a gente sempre ia tomar um vinho em um restaurante pequeno e charmoso que tem em Fortalerza: o Moranga. Para quem não sabe, moranga é o mesmo que jerimum, ou abóbora.

E um dos pratos que a gente sempre pedia era a tal berinjela à parmegiana. Na maioria das vezes, nem jantávamos lá, pedíamos apenas esta entrada e um bom vinho e ficávamos a conversar. Era o começo da nossa história e vale muito a pena lembrar,

Dito isto, cá está, uma deliciosa entrada TRIVIAL, fácil de fazer e que, pra nós, tem um leve gosto de nostalgia.

Ingredientes
2 berinjelas grandes
1 cebola
4 tomates grandes
Extrato de tomate
Salsinha
1 dente de alho picado
Pimenta do reino
Sal
Azeite

Molho de tomate
Cada um tem a sua receita de molho de tomate. Caso você não tenha a sua, segue aqui uma bem simples. Faça um corte em cruz na parte de baixo dos tomates e leve para ferver. Quando a pele começar a soltar, retire do fogo e, com cuidado, retire as peles. Abra os tomates ainda quentes, retire as sementes e, com uma faca, pique-os grosseiramente.

Derreta um pouco de manteiga numa panela e refogue as cebolas. Quando estiverem transparentes, coloque o alho e deixe dourar. Junte os tomates, meia caixa ou lata de extrato de tomate, salsinha picada e adicione pimenta do reino e sal a gosto. Deixe ferver um pouco e retire do fogo.

Adaptações: no começo da feervura, você pode colocar manjericão, uma taça de vinho branco ou qualquer outro ingrediente que lhe agradar.

Berinjelas
Uma coisa importante na hora de comprar as berinjelas é ver se elas têm a pele lisa e, principalmente, se não tem nenhum furo. Afinal, como diria aquele famoso filósofo do Uzbequistão: “pior do que achar um bicho na sua comida, é achar meio bicho”.

Agra é bem simples: corte as berinjelas em rodelas finas e passe sal dos dois lados. Deixe descansar por, no mínimo, 45 minuos. Isso vai ajudar a tirar o gosto amargo. Passado o tempo, escorra a água preta que se forma, enxugue as berinjelas e frite bem dos dois lados com um pouco de azeite. (Há quem faça as berinjelas empanadas. Se quiser tentar, ovos batidos e farinha de rosca nelas.)

Vá colocando as rodelas em uma travessa, como se fosse fazer uma lasanha. Primeiro um pouco de molho, aí as berinjelas, sempre colocando mais um pouco de molho entre as camadas. Na metade da altura, você pode colocar uma camada de mussarela. Continue completando com as rodelas e o molho. No fim, cubra tudo com BASTANTE mussarela e leve ao forno quente, pré-aquecido, por uns 20 minutos ou até gratinar o queijo.

Pronto, peque umas torradinhas e bote a fome para funcionar. Ah, um bom vinho pra acompanha também ajuda.

PS: AnaQ, demorou, mas saiu a sua receita vegetariana.

5 comentários:

Livia disse...

hummmmmmmmm!
adoro receitas vegetarianas.

Patanisca disse...

Essa receita deve ser deliciosa, vai ser amanhã o meu jantar.
Parabéns pelo blog, ainda não conhecia e adorei.

Anaquim disse...

Ahazooou!!! Me deu água na boca só de ler! Vou agoora compra beringelinhas sem furinhos!! Obrigadíssima, viu?? E de vez em quando lembrem das pessoas que não comem bichinhosss!! É sucesso! Beijoss!!

Eliana Scaramal disse...

Eu adorei saber um pouco da história de vocês, e a berinjela sem comentários para essa foto, está perfeita!

Lingualguma disse...

Adoro!!!!!!!!