quinta-feira, 19 de março de 2009

Saudades da praia - Coxinha de Caranguejo

Tinha um pacote de carne de caranguejo congelada ainda dos contrabandos da última visita da minha sogra à São Paulo. Resolvi então tentar uma coisa que eu nunca tinha feito, coxinha! Só que do mar né?! Não é tão difícil quanto imaginei que fosse. E ficaram boas hein?! Tá tá... não ficou igual à massa do Boteco (Fortaleza), mas eu acho que a de lá e mais macia que uma de coxinha normal. De batata, quem sabe? Preciso provar de novo. As minhas primeiras foram tradicionais mesmo. Ahh.. depois de empanadas podem ser congeladas viu?! A massa foi uma adaptação dos blogsNa Batedeira e Sabores da Lica.

Coxinhas de caranguejo

Rendimento: 8 coxinhas médias pra grandes.

Ingredientes:

2 xic. de água
1 tablete de caldo de camarão
2 tabletes de polenguinho (queijo processado)
1 col. de chá de alho picado
2 xic. rasas de farinha de trigo
2 ovos
Farinha de rosca q.b.
Óleo q.b.

Recheio:
Eu fiz como a gente sempre faz. A receitinha está aqui.

Modo de preparo:

Esquente a água numa panela, adicione o caldo, o sal, o alho e o queijo e deixe ferver até ficar uniforme. Se o queijo não derreter bem, bata no liquidificador. Volte ao fogo e quando ferver, adicione a farinha de trigo de uma vez só. Mexa bem ainda no fogo. A massa deve desgrudar da panela e ficar bem uniforme. O importante é mexer a massa ainda no fogo porque ela cozinha um pouco e evita aquele gusto demasiado de farinha crua. Leve a massa para esfriar sob uma superfície lisa. E reserve.

O Recheio eu deixei bem sequinho, porcionei em saquinhos e coloquei no congelador para firmar e ajudar na hora de rechear.

Para a montagem e fritura:
Abra um pedaço da massa na mão. Coloque o recheio e feche em formato de coxinha. Espete um palito na pontinha porque eles ajudam na função de passar no ovo e empanar. Esquente o oleo e frite-as em imersão. Enxugue com papel-toalha e pronto.




Se quiser um fru-fru. Faça uma maionese de alho e coentro. A receita está aqui, só trocando a salsa, por um pouco de coentro.

10 comentários:

Leo disse...

Matou a minha saudade da coxinha do Boteco. sensacional, meu amor.

Cláudia disse...

Linda esta coxinha, ou seria patinha? De patinhas de caranguejo. Nunca experimentei mas sei que vou gostar.

bjs

Eduardo Luz disse...

Isto aqui está cada mais Nem Tanto. Num post caviar de manga( que farei!) no outro, coxinha de galinha do mangue! Muito bom !!

Eduardo Luz disse...

Ô pressa! Cada vez mais Nem Tanto ...

Anônimo disse...

bia, bia...
manda pra mim por sedex? ah! aproveita e manda o babador porque eu tô cheia de água na boca!!!
deborah

Lorena Diniz disse...

Parece ser muito boa, vou testar qualquer dia desses!! Hehehe

=)

Raul e Joel Carvalho disse...

Visualizei o seu blog e achei muito interessante... Parabens

Gostaria de lhe pedir se poderia colocar o link do meu blog no seu site: http://do-nariz-a-boca.blogspot.com/

Pode ser??

Quando colocar envie um mail para aqui: pirusas.carvalho@hotmail.com

Abraços

figurae disse...

A melhor coxinha ja vista.

Tiago disse...

Eu sou de Belém, e lá é bastante comum estas "coxinhas" que chamamos de unha de caranguejo, quando você for fazer a massa substitua a batata por mandioca cozida, ela fica muito mais delicada e derrete na boca. ^^

Praia do Rosa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.