quarta-feira, 29 de julho de 2009

Nova coluna, diretamente de Fortaleza.

A gente parou de postar só um pouquinho pra ver se alguém sentia falta. Hehehe, brincadeira.

Galera, a gente saiu de FÉRIAS. Isso mesmo. E como, nas férias, quem mora longe vai pra casa, estamos em Fortaleza. Por isso o sumiço. Aos que deram por falta de nossos posts, nosso muito obrigado e segue uma receitinha direto do paraíso pra vocês. Aliás, duas, já que foram as receitas da nossa quarta coluna no "Dica do Chef", que escrevemos mensalmente no Jornal O POVO.

Só peço que nos desculpem pela primeira foto. É que MURPHY não tira férias e a máquina deu pau logo na hora de registrar o prato.

Seguem a coluna na integra. Prometemos colocar a reproduçao do jornal em breve.


Leo e Bia



...


Ah, o mar. Morar à beira-mar é um presente, principalmente para quem aprecia a culinária com os frutos que o nosso oceano oferece. São quase infinitas as possibilidades. Podemos apostar nas influências portuguesas, nos arriscar em pratos mediterrâneos ou continuar nos deliciando com nossas raízes caiçaras. É só deixar sua criatividade mandar. Eu e a Bia aproveitamos um breve período de férias em Fortaleza para matar a saudade dos parentes, amigos e também matar a nossa fome de praia e das suas comidas maravilhosas. E sabe o que é melhor: o preço sempre ajuda na hora de cozinhar. então faça como a gente: aproveite que você nasceu à beira-mar e se arrisque nesta fácil receita.



Lagosta ao vinagrete de tamarindo e aioli.




Nivel: medio
Tempo de preparo: 25 minutos
Rendimento: 4 porções


4 caudas de lagosta médias
4 colheres de sopa de manteiga
alecrim (fresco de preferencia)
sal
pimenta do reino

1/4 de cebola média
Pimentao verde
Pimentao vermelho
Pimentao amarelo
Tamarindo em pasta ou polpa
3 colheres de sopa de azeite
4 colheres de sopa de vinagre de vinho branco
Açucar ou mel para adoçar

3 dentes de alho
2 ovos + 1 gema
1/2 xicara de azeite extra virgem
1 xicara de oleo de soja
1 colher de sopa de limao
sal

Lagosta
Corte os rabos da lagosta ao meio no sentido longitudinal. Tempere com sal e pimenta do reino. Coloque em uma assadeira com a carne virada para cima e espalhe um pouco de manteiga e um ramo de alecrim sobre cada pedaço. Leve ao forno a 180oC por 15 minutos. Reserve.

Vinagrete de tamarindo
Prepare um suco concentrado (forte) com a pasta ou com polpa de tamarindo e coe. Adoçe com açucar ou mel e junte com o vinagre, a cebola e os pimentões cortados bem pequenininhos. Vá despejando o azeite em fio e batendo com um garfo até emulsionar (ficar espesso).

Aioli
Bata os dentes de alho rapidamente no liquidificador. Adicione os ovos, uma pitada de sal, o suco de limão. Comece a bater e vá jogando o azeite em fio e depois o óleo, também em fio, fazendo esta forte e deliciosa "maionese de alho".

Agora é só servir a lagosta, regando com um pouco da manteiga que derreteu por cima dela, o vinagrete e um pouquinho do aioli ao lado. Bom apetite.


Mil folhas de camarão ao curry.




Uma entradinha rapidinha que fica uma graça. Corte oito quadradinhos de 2,5 cm de massa folhada laminada.
Pincele uma gema por cima e asse em forno brando até dourar. Corte a massa, que deve ter crescido, em três camadas e reserve.

Para o recheio, pique em cubos 200g de camarão decascado e levemente cozido. Refogue 1/4 de cebola picadinha e o camarão em duas colheres de manteiga. Adicione 1/3 de xícara de cachaça e deixe reduzir. Adicione 1/2 xícara de creme de leite, 1 colher de sopa de curry, meia manga firme picadinha e um punhado de salsa. Deixe secar um pouco e acerte o sal. Para montar, coloque o recheio entre a fatias de massa e finalize com um cubinho de manga.


Sugestão de trilha: Saint German (lounge)

Filme do mês: A Festa de Babette - Dir. Gabriel Axel, 1987.


PS1: refizemos o prato da lagosta no dia seguinte em um jantar para 16 pessoas na casa de uma amiga e a Bia adicionou uma saladinha, transformando-o em uma entrada completa. Ficou otimo e fez sucesso.

PS2: Quilo da cauda de lagosta no Ceará > R$ 35. Bom demais.

12 comentários:

Glau disse...

eita preço bom da lagosta.. faz tanto tempo que não como uma que nem me lembro ao certo o gosto! :)

boas férias! vcs dois são artistas.. é de babar os pratos que vcs preparam!

bjo, Glau
www.blogquitandoca.blogspot.com

Daniel Simas disse...

Olá, meu nome é Daniel, sou designer e moro em SP.
Descobri o blog de vcs meio sem querer tem uns 2 meses, desde então venho aqui todos os dias : )
Acabei descobrindo meu maior hobby, já testei 6 pratos.
Meus amigos tem adorado a novidade hehe

Valeu mesmo!!!

Leo disse...

Glau, aqui é muito barato mesmo. Tanto que me assusto quando vejo um prato com camarão ou lagosta mais caro em restaurantes daqui. Vai entender. E obrigado pelos elogios. Vamos tentar voltar com força total agora.


Daniel, ficamos muito felizes que o Trivial ajude alguém a se descobrir um amante das panelas. e mais felizes ainda em confirmar que as receitas (6? otimo) funcionam. grande abraço e eperamos ver você por aqui de novo.

Vitor Hugo disse...

Ai, lagosta! :D Não vá me falar também que é um 'camarão gigante' em relação ao gosto, hahahahah Todo mundo fala isso quando pergunto que gosto tem!

É época de vieiras (scallops) também? :D

Leo disse...

Fala grande vitor. O gosto da dita cuja é um pouquinho diferente. Mais adocicada, de textura mais firme. Porém, deliciosa. Vou confessar a você: nunca vi vieiras por aqui. sei que existem, mas desconheço o fornecedor.

grande abraço.

Leo

lunalestrie disse...

Ah, eu soube que a Bia participou do Literatura de Lua aqui em Fortaleza. Fiquei super chateada por não ter ido, foi um dia complicado pra mim e só soube de última hora! Queria muito ter estado lá e conhecido vocês. Beijos!

Bia disse...

ô Luna, que pena que vc não foi. Eu estava um pouco nervosa, mas acabou sendo bem divertido. Demos boas risadas falando de comida. Vou postar aqui as fotos em breve. Estou esperando a Fernanda me mandar.

beijo pra tu

no final do ano estamos aí de novo (se Deus quiser!!!). Vamos marcar de nos ver né?

Eduardo Luz disse...

Beleza! Férias e isopor recarregado de caudas lagostais!
Belas receitas e fotos.
E assim que der, vamos nos encontrar pelos Brooklins e afins da vida.
Abs.

Leo disse...

Edu, meu caro, pode ter certeza. O carregamento de lagostas e camarões foi grande, hehehe.

Não fiquei satisfeito com a primeira foto, mas...acontece nas melhores famílias da blogosfera (menos na sua, claro).

Preta* disse...

Feliz com o retorno e com o carregamento de castanha!!!Obrigado Pela força sempre!!
Bju procêis!

Simone disse...

Ai que delicia..tudo, a viagem, as fotos , a lagooooosttaaaa....
Eu não sei o que faria com uma lagosta nas maos...ahahhha...nunca preparei!Talvez dançasse um can-can com elas...e sairíamos depois para comer em um restaurante de frutos do mar.
bjocas,
Simone.:.chocolatria

Leo disse...

Simone, lagosta é um diliça...e não é complicado de fazer. Ensopada, grelhada, gratinada. Êta bicho bão pra ficar gostoso de tudo que é jeito. Ah, e eu vi você no Diario do Nordeste. Tá internacional. Show de bola.